Translate

sábado, 15 de outubro de 2016

Mais uma indicação de livro do Wattpad

Eu já falei em um post anterior que fiz grandes amizades no Wattpad. Uma dessas amigas é a escritora Ellen Savvy, autora da série “Místicos” e de “O Tempo que for necessário”. Pois bem: foi através da Ellen que fiquei conhecendo outra escritora bastante talentosa, Cari Ramalho.



A Cari é autora, dentre outros, do romance policial “Suzana”. Embora a autora o classifique como literatura feminina, eu o considero um romance policial. Não que eu tenha o conhecimento necessário para classificar obras literárias, mas a mim, leitora, assim me parece.

Capa de "Suzana"



Mas, pode isso, um romance que também seja uma história policial?


Pode sim, tá lá na Wikipédia:


Romance policial é um gênero literário na qual se caracteriza, em termos de sua estrutura narrativa, pela presença do crime, da investigação e da revelação do malfeitor. Neste tipo do gênero literário, o foco remete para o processo de elucidação do mistério, empreitada geralmente a cargo de um detetive, seja ele profissional ou amador. A essência da narrativa policial é a busca pela identidade desconhecida, pela totalidade dos índices.
O romance policial também demonstra que não pode haver crime perfeito, logo, não há lugar para a impunidade, para o crime sem punição. A principal função ideológica na literatura policial é a demonstração da estranheza do crime, já que o criminoso é apresentado como um ser estranho à razão natural da ordem social.
O universo do romance policial é caracterizado por vários elementos, como medo, mistério, investigação, curiosidade, espanto e inquietação, que são dosados de acordo com os autores e as épocas.
O romance policial clássico busca a mais completa verossimilhança. Muitos detetives, como por exemplo, Sherlock Holmes, adotam métodos científicos em busca da verdade.”


Acontece que o livro da Cari foge um pouco dessa definição, pois, apresenta um elemento a mais: tem uma mocinha que se sente atraída pelo mocinho e vice-versa.  


A jornalista Suzana vê na investigação de um crime a oportunidade de escrever a reportagem da sua vida, aquela que vai dar à sua carreira o rumo merecido. O delegado Pedro tenta conciliar a carreira de policial com todos os seus desafios com o desafio maior de ser um pai solteiro de um filho adolescente. Quando acontece um assassinato cheio de mistérios as trajetórias de ambos se cruzam e eles passam a somar esforços para a elucidação do caso.

Ambos têm seus motivos para fugir de uma história de amor. Mas, para cada um está cada vez mais difícil fugir da atração. Como terminará essa história? Confesso que também estou curiosa! Então, faça como eu, siga as postagens no Wattpad e descubra.